Planejamento Financeiro para Produção de Vídeo

Planejamento Financeiro da produção de vídeo

Produção de vídeo: você sabe quanto custa?

Assistir a um vídeo bem feito é um enorme prazer. Mas… quanto custa a produção de um vídeo?

Primeiramente, vale a pena pensar e explicar para você todas as etapas da produção de um vídeo, de forma resumida.

A produção envolve locação de vários objetos, roupas, cenários, transporte, alimento e muitos outros itens.

E todos estes elementos têm um custo, que compõem o próprio custo da produção.

É muito importante você sempre ter em mente o seu orçamento para que todos estes custos não extrapolem este teto que você determinou.

E é aí que entra a principal função do planejamento financeiro: fazer com que a produção do vídeo realmente ocorra, do modo como pensada pelo roteirista e guiada pelo diretor.

Todo vídeo tem custos

Assim como em uma gravação de vídeo de grandes proporções, os vídeos no Youtube também têm custos para serem realizados.

E não importa se você já é um grande youtuber ou ainda um pequeno influenciador: sempre há custos envolvidos.

Além disso, a qualidade de seu vídeo também tem a ver com a qualidade da produção dele.

Ou seja, quanto mais qualidade e refinamento você quiser dar para seu vídeo, mais alto o custo da produção dele.

Seja como for, o planejamento financeiro da produção de seu vídeo é muito importante!

Eventualmente, você pode até passar dos limites dos gastos previstos para aquele vídeo, mas se isto se tornar um hábito, você terá problemas financeiros.

Frequentemente trabalhamos com a gestão financeira na produção de vídeos, seja de curta duração até longa metragens.

E também não é raro que, durante o processo de gravação do vídeo, e por falta de planejamento financeiro, o projeto ter que ser “encurtado”, ou alterado, ou, ainda, em casos mais extremos, ter que ser pausado até que haja novos recursos financeiros.

Planejamento Financeiro da Produção de Vídeo

Nesse sentido, tenha em mente os seguintes pontos quando você for gravar seu vídeo:

Qual orçamento máximo você dispõe?

E qual é a melhor produção que você pode realizar com este orçamento?

Há itens que podem ser substituídos por outros mais baratos?

O que você pode melhorar na gravação de seu vídeo com o valor economizado em outros itens?

Elabore uma planilha de custos antes de iniciar a gravação do vídeo e vá atualizando os gastos, lembrando sempre do teto de seu orçamento.

Por fim, além da parte artística de seu vídeo, lembre-se sempre do planejamento e gestão financeira da produção dele.

Ou seja, não deixe que todo o trabalho de elaboração e criação do vídeo não se concretize por falta de previsão e planejamento financeiro!

 

Texto elaborado em coautoria com Essa Tal Prosperidade…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima